Você sabe vender sua escola ou instituição de ensino?

Se fizermos essa pergunta a muitos educadores, donos de escolas, boa parte responderá “Nós não vendemos, nós ensinamos”.

Essa afirmação parece razoável para muitos que acham que a palavra vender não se coaduna com educação.

Mas será que essa afirmação é correta? Pense bem: se o número de alunos diminui a cada ano, se as as classes têm cada vez menos crianças, a quem os professores irão ensinar? Não seria a hora de mudar de estratégia, sair da zona de conforto e começar a, efetivamente, vender os serviços diferenciados da sua escola?

O que é venda?

A American Marketing Association (AMA) define a venda  como o processo pelo qual o vendedor descobre, ativa e satisfaz as necessidades do cliente.

Podemos dizer que “venda” é toda atividade que inclui um processo no qual o vendedor:

  1. Identifica as necessidades e desejos do comprador.
  2. Gera o impulso até a compra.
  3. Satisfaz as necessidades e/ou desejos do comprador (com um produto ou serviço) para o benefício de ambas as partes.

É necessário vender uma escola?

Voltando a pergunta anterior, é necessário vender uma escola? Devemos dedicar nossos esforços para conseguir o maior número de clientes/alunos?

A resposta é sim. Sem uma divulgação adequada, sua escola não será percebida ou lembrada e poderá ficar muito atrás dos seus concorrentes. Em um momento de crise, a última coisa que você quer é perder alunos, não é mesmo?

Utilizando o marketing

Para ajudar nessa empreitada, será necessário utilizar técnicas de marketing. A sua equipe ou uma agência especializada nesse setor deverá ser encarregada de desenhar uma estratégia e pô-la em ação. A venda começa realmente aí. A equipe formula ações para para apresentar os diferenciais de seus serviços a um maior número de pessoas.

A partir deste ponto, surge outra pergunta : quais táticas de comunicação você poderá utilizar para convencer os pais que o seu colégio é o melhor para o filho? Como a sua escola pode gerar interesse e efetivar novas matrículas?

Veja algumas dicas valiosas, que podem fazer toda a diferença na sua campanha de marketing

1- Destaque os diferenciais do seu colégio

O que torna o seu colégio único? Quais os pontos que você pode destacar? Esses diferenciais vão ser cruciais e podem ser o fator decisivo para a tomada de decisão do cliente.

2- Valorize os pontos em que o seu colégio está à frente

Sua escola tem uma estrutura esportiva superior ou utiliza programas mais avançados de ensino? Valorize isso! Mostre aos pais dos alunos que sua instituição está em uma posição diferenciada e que se adequa ao perfil da família.

3- Consiga a atenção do seu cliente

Com tantas informações recebidas pelo público, em todos os meios de comunição, ser criativo é fundamental. Uma boa campanha de publicidade pode despertar a curiosidade de pais e alunos e no futuro, eles poderão se tornar clientes da sua escola.

Dica: Invista em marketing digital! Anúncios no Adwords e no Facebook costumam ser mais baratos e dar um bom retorno. Aliados ao marketing tradicional, são garantia de sucesso para o seu negócio. Mas para isso é preciso um bom planejamento.

4- Não se dê por vencido!

Vender logo na primeira tentativa é ótimo, mas sabemos que isso não acontece sempre. Ter uma primeira resposta negativa não significa que você deve desistir. Mantenha contato com os pais, convide-os para eventos na escola, envie e-mails, telefone. Enfim, deixe a porta aberta. Mas não se esqueça: Faça isso com moderação. Bombardear com informações desnecessárias ou inadequadas pode assustar ao invés de encantar e você poderá perder um potencial cliente.

Lembre-se:

Não tenha vergonha de vender. A venda é um processo vantajoso para as duas partes, um ganha-ganha. Se você conseguir transmitir isso para o seu público a sua marca ganhará mais relevância e os seus resultados irão melhorar com a manutenção e conquista de novos alunos.

 

GOSTOU DESTE CONTEÚDO? TEMOS UM EBOOK GRATUITO EM QUE FALAMOS MAIS SOBRE ISSO E MUITOS OUTROS ASSUNTOS: