Diariamente, quantas pessoas fazem contato com a sua empresa? Deste público, quantos chegam por meio de redes sociais, indicação de amigos ou de forma orgânica?

Ter esses dados sobre procura é bom não só para o acompanhamento das vendas, mas, também, para futuras ações com interessados no seu negócio. E, para auxiliar você nesse processo, o Customer Relationship Manager (Gerenciador de Relacionamento com o Cliente, em tradução livre) oferece as ferramentas necessárias para a devida manutenção das informações dos seus contatos.

 

Para ser analisado tem que estar registrado

O registro de contatos feitos com a sua empresa pode ser uma excelente opção de mensurar como vai a procura, quantas oportunidades estão próximas de se tornarem clientes e qual é o nível de interesse de alguém pelo seu negócio. Aí entra o CRM, automatizando o processo de venda através da criação de contatos, de anotações e de extrações de mailings para trabalho em campanhas.

 

Por que aderir a uma plataforma CRM?

Imagine que você é dono de uma instituição de ensino. Seu objetivo é adquirir mais alunos ao longo de uma campanha de matrículas. Sendo assim, não basta captar interessados, é necessário fechar negócio, certo?

Tendo os contatos de possíveis interessados, como pessoas que já ligaram para o seu estabelecimento, enviaram um e-mail, ou chegaram por meio de redes sociais, é possível pensar em estratégias de venda direcionadas, especificamente, para a necessidade de cada possível cliente.

Imaginemos uma persona, o “João”. Bem no início da campanha de matrículas, ele visitou a sua instituição e demonstrou certo interesse em fechar com você, mas desistiu ao longo do processo por motivos financeiros. Ter os dados do “João” registrados, assim como o motivo da perda da venda dele, possibilita, por exemplo, que você o aborde novamente, oferecendo alguma condição especial, já que entende a dor dele – o preço da mensalidade.

Ou, se o João tivesse visitado a sua escola e depois não tornasse a ligar para fechar a compra, você, pelo CRM, conseguiria identificar o perfil dele e tentar trazê-lo novamente para o processo de venda, mandando um e-mail ou fazendo uma ligação. Sendo assim, você teria o controle absoluto do andamento das suas oportunidades e das motivações para possíveis desistências ao longo do processo.

 

Outros pontos a serem considerados

Além de criar um histórico de contatos, o CRM centraliza informações e pode ser configurado para atender a sua empresa da melhor forma, de acordo com as etapas que o seu cliente deve percorrer no funil de vendas e com a segmentação a qual ele pertence.

A plataforma também facilita a integração entre os setores da empresa, que conseguem trocar informações facilmente, acessando o histórico de cada pessoa e fazendo as atualizações necessárias em cada perfil.

Por fim, mais do que organizar os processos da sua empresa, o CRM ajuda a estruturar, também, uma boa reputação. Hoje em dia, prestar um bom serviço não é tudo. Construir uma imagem organizacional favorável, que demonstre um atendimento personalizado e interesse no cliente é ótimo para atrair novos interessados.