O marketing digital é um dos segmentos da comunicação mais dinâmicos e o que mais apresenta mudanças a cada dia que passa. No início, a mesma lógica dos outros meios foi trazida para o ambiente on-line, mas com o tempo os profissionais e empresas foram percebendo que esse segmento do marketing tem suas particularidades. Hoje nós vamos falar sobre um dos mais comentados ultimamente. Este post vai explicar o que é Inbound Marketing e como você pode aplicar esse método na sua empresa.

O que é Inbound Marketing?

Inbound Marketing é uma metodologia que combina uma série de ações de marketing digital baseadas em atrair a atenção do cliente ideal, ao invés de usar somente a mídia paga para atrair audiência. Essa metodologia tem como base a criação e o compartilhamento de conteúdos para um público-alvo específico, com objetivo de conquistar a atenção desse cliente e adquirir permissão para se comunicar com ele de forma direta.

Está gostando deste conteúdo? Temos um ebook gratuito em que falamos sobre assuntos complementares a este:

banner-como-captar-leads

É a tática mais completa quando se trata de Marketing Digital, pois exige uma atuação em várias frentes e a integração de vendas para criar um sistema verdadeiramente efetivo de geração de leads e conversão de leads em clientes.

Diferenciais do Inbound Marketing

Com o Inbound Marketing é muito mais fácil se provar a eficiência da estratégia, pois as ações são mensuráveis. Você saberá exatamente o seu Retorno sobre o Investimento (ROI): quanto investe, onde investe e qual o retorno para sua empresa.

Todos estes são diferenciais interessantes, mas sem dúvida alguma a relação entre eficiência, durabilidade e custo é a mais atrativa. Esses três juntos significam que o Inbound Marketing pode ser mais eficiente, mais duradouro e tudo isso com um custo menor de aquisição de clientes.

4 passos para você começar a usar o Inbound Marketing hoje na sua empresa

Oferta

O primeiro passo para uma boa campanha de Inbound Marketing é definir pelo menos uma oferta de conteúdo para captação de leads. O formato mais comum é o de e-books, mas esses materiais ricos podem ter várias formas diferentes. Entre os mais conhecidos estão os infográficos, minicursos em vídeo ou por e-mail, kits de ferramentas, webinars, whitepapers e cupons. Se você sempre lembrar que esse conteúdo deve resolver um problema da persona, o formato pode ser o que for mais adequado para sua empresa e para seu público.

Landing Page e CTA

Depois disso é necessário inserir essa oferta em uma página de destino que vai reunir todas as informações sobre o conteúdo, além de um bom call to action que estimule as pessoas a se cadastrarem para receber a oferta. Nesse sentido vale a pena testar qual abordagem funciona melhor para converter.

Nutrição dos leads e email

De nada adianta ter leads sendo gerados por e-mail se você não souber como aproveitá-los. Para isso existem algumas ferramentas de Inbound Marketing – como o RD Station e o Hubspot – que permitem a criação de fluxos automáticos de e-mail que nutram esses leads com mais conteúdo útil para aquele estágio do funil em que ele se encontra. Afinal, não adianta oferecer um conteúdo focado em conversão para um cliente que está num estágio inicial do fluxo de compra.

Canais de atração

Para fazer com que sua estratégia funcione é preciso direcionar tráfego para a landing page de sua oferta e, nesse quesito, vale qualquer esforço. Vai depender do seu segmento de atuação, mas, em geral, os mais eficientes para trazer visitantes ao seu site são os posts de blog com foco em SEO e as mídias sociais.

Agora você já sabe o que é Inbound Marketing e conheceu os primeiros passos para implementar essa metodologia na sua empresa. Depois que fizer isso, não deixe de fazer seu comentário por aqui contando essa ou outra experiência com Inbound Marketing.

Gostou do artigo? Temos um ebook gratuito em que falamos sobre assuntos complementares a este:

banner-como-captar-leads